8 tipos de solda que todo soldador deve conhecer

Detalhes importantes no processo de solda tig 1

Existem 8 tipos de solda muito famosos. Você conhece eles?

Quase todos os soldadores conhecem três ou 4 tipos de soldagem, porém existe mais que isso.

Se você quer ser um profissional mais bem informado e com conhecimento do assunto, descubra mais sobre isso abaixo.

01 – Tipo de solda com Eletrodo Revestido

Caractériscas da soldagem com eletrodos revestidos 2
Soldagem com eletrodos revestidos

A solda com eletrodo revestido é uma das mais utilizadas no mundo. Isso se deve ao fato de que é uma solda de maior facilidade em ser adquirida e encontrada.

Máquinas para soldagem com este processo variam desde transformadores até inversoras de solda. É utilizada em soldas de ferro e aço em geral.

O revestimento do eletrodo libera gases de proteção, que criam uma atmosfera para proteger o cordão de solda. Neste caso, então, é uma solda elétrica sem a necessidade de gases de proteção.

02 – Tipo de solda MIG/MAG

tem como soldar mig sem gás?

O tipo de soldagem MIG/MAG é muito utilizado na indústria em geral, porque permite ao soldador ter uma alta taxa de produtividade e qualidade em seu trabalho.

Como não é necessário um controle manual da alimentação do metal de fusão, que é o arame neste caso, a solda acontece de maneira mais rápida e pontual.

Os equipamentos para este processo necessitam de fonte de energia, alimentador de arame, cilindro com mistura de gás, tocha e acessórios.

03 – Solda TIG

Detalhes importantes no processo de solda tig 1
Detalhes importantes no processo de solda ti

A soldagem TIG (Tungsten Inert Gas, e em português Tungstênio Gás Inerte) também é um dos tipos de solda elétrica. Ela consiste em um curto circuito controlado, no qual o arco elétrico se localiza entre um eletrodo de tungstênio inserido na tocha e a peça de trabalho.

Para este processo é necessário uma fonte inversora ou tiristorizada, mistura gasosa, tocha para soldagem TIG, de gatilho ou rosca, eletrodo de Tungstênio e a vareta com o material a ser soldado.

Você pode ver vantagens da solda TIG aqui.

04 – Soldagem com arame tubular

Como soldar MIG sem arame? Parte da resposta é: você tem que utilizar arame tubular.

O tipo de solda com este arame especial possibilita que não se utilize gás para a solda. Isso acontece porque o arame é autoprotegido, ou seja, ele é capaz de proporcionar a própria atmosfera que protegerá a solda.

É muito utilizado na indústria, por apresentar alto desempenho e velocidade. Além disso, como é uma soldagem a arco elétrico sem necessidade de gás, é mais fácil utilizá-la.

É um processo semi-automático, pela saída do arame. Contudo tem a possibilidade de ser totalmente automatizado e ainda robotizado.

05 – Tipos de Solda do tipo arco plasma

foto com o tipo de solda de processo arco plasma

A soldagem arco plasma (PAW é a sigla em Inglês) é um processo de solda em arco muito parecido com o processo TIG. Isso se deve ao fato de que um arco elétrico é formado entre a ponta de um eletrodo de Tungstênio e a peça de trabalho a ser soldada.

A diferença entre este e o processo TIG é que o eletrodo fica internamente na tocha, limitado por um bocal. Assim, o arco plasma pode ser separado do gás de proteção ao redor do ponto de soldagem. Com o controle do arco plasma, é possível ter mais precisão em soldas de pequenas áreas.

06 – Solda por feixe de elétrons

solda do tipo feixe de elétrons

Este é um tipo de solda que é famoso, apenas de não se ouvir muito falar dele. Trata-se de um processo de solda que lança um feixe de elétrons para aquecer o ponto onde ocorrerá a solda.

Para realizar a solda por feixe de elétrons, é necessário um ambiente sem gás, ou seja, vácuo. Devido a isso e ao fato de que é necessário trabalhar com altas voltagens, este tipo de soldagem é automatizado e controlado por computadores.

07 – Soldagem do tipo Hidrogênio Atômico (AWH)

soldagem do tipo hidrogênio atômico
Como funciona o tipo de solda Hidrogênio Atômico

Esse processo de solda, Hidrogênio Atômico (AWH), consiste na formação de um arco de solda formado entre dois eletrodos de tungstênio com uma atmosfera composta por Hidrogênio. O “escudo” de proteção da solda é obtido pelo Hidrogênio.

O arco elétrico produzido neste tipo de soldagem é suficiente para partir as moléculas de Hidrogênio, que posteriormente se recombinam com a extrema liberação de calor.

  • O equipamento consiste em uma tocha de soldagem com dois eletrodos de tungstênio inclinados e ajustados para manter o arco estável.
  • Bicos anulares ao redor dos eletrodos de tungstênio carregam o gás hidrogênio fornecido pelos cilindros de gás.
  • A fonte de alimentação AC é adequada em CC, porque a mesma quantidade de calor estará disponível em ambos os eletrodos.
  • Um transformador com uma tensão de circuito aberto de 300 volts é necessário para abrir e manter o arco.
  • As peças de trabalho são limpas para remover sujeira, óxidos e outras impurezas para obter uma solda segura.

08 – Tipo de solda com Oxigás

A Solda com Oxigás é um dos tipos de solda que necessita do mesmo aparato para o processo de oxicorte.

Neste caso, será utilizado o calor da ponta do maçarico para derreter os metais bases das peças de trabalho. Assim, cria-se uma poça de solda do metal derretido que quando esfria irá se solidificar.

Esse procedimento pode acontecer com ou sem a adição de um metal de preenchimento. Quando tem a adição, muitas vezes se utiliza o mesmo metal base.

Utiliza-se este tipo de solda industrial na manutenção e conserto de peças de pequeno diâmetro.

Concluindo sobre os tipos de solda

Você viu vários tipos de solda que existem e que são mais utilizados na indústria. Pode ser que ainda não tenha utilizado algum destes processos, pois são específicos de alguns setores da indústria.

Lembrando que neste post você soube mais sobre os seguintes processos:

  • Eletrodo revestido
  • MIG/MAG
  • Solda TIG
  • Soldagem com arame tubular
  • Tipo de solda arco plasma
  • Feixe de Elétrons
  • Solda com Hidrogênio Atômico
  • Solda com Oxigás

O objetivo do texto é mostrar que existem mais processos do que muitos conhecem. Espero que tenha te ajudado neste conhecimento.

Você tem alguma dúvida? Deixe um comentário e eu irei responder!

O que a Alusolda faz?
A Alusolda oferece Locação, manutenção de equipamentos, e comércio de produtos no segmento de solda e corte.

Faça um orçamento sem compromisso no telefone (62) 3250-0707. Nossos melhores colaboradores irão te atender.
Comentários
  • Prezados, bom dia! Muito bom este material!

    Aqui na Teksid do Brasil nós usamos o Processo de Solda Oxiacetilênica, para recuperar pequenos defeitos visuais (inclusões de areia, rupturas, trincas nos Blocos e Cabeçotes de caminhões).
    Temos uma dificuldade para garantir a dureza das peças na região soldada, sempre esta acima da especificação.
    Quando isso acontece pode afetar o processo de usinagem dos clientes no tocante ao desgaste de excessivo de ferramenta e até mesma a quebra das ferramentas de corte.
    Estou trabalhando em um projeto para reduzir estes distúrbios de dureza acima do especificado.
    Preciso saber se vocês poderiam nos orientar, enfim o que eu posso fazer para eliminar ou reduzir este problema?

    Atenciosamente,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *