Como escolher a vareta de solda ideal

como escolher vareta de solda tig

Escolher a vareta de solda é um passo extremamente importante, visto que esse é um consumível muito utilizado nas indústrias em geral, aplicado pelo processo de soldagem TIG e Plasma. 

Assim como outros consumíveis as varetas de adição são classificadas pelas normas AWS (American Welding Society) e ASME (American Society of Mechanical Engineers),sendo as mais comuns no meio da metalurgia e soldagem, dentre outras.

Sabemos que para escolher qualquer metal de adição precisa-se saber qual é o metal base da peça a trabalhar e analisar alguns fatores que contribuíram para escolha correta da vareta de solda TIG.

Tópicos do texto:

  • Funcionalidade da vareta de solda
  • Influência do metal base 
  • Classificação da vareta de adição AWS
  • Especificação das ligas 
  • Escolha da vareta de solda TIG

Vamos entender a escolha da vareta TIG!

Função da vareta de solda

A vareta de solda é um material de adição formado por ligas metálicas e outros elementos para aplicação nos processos de soldagem manual TIG e Plasma.

Sua função é unir os metais formando um cordão de solda preservando as características do metal base com um excelente acabamento. 

O uso da vareta durante a soldagem é considerado um trabalho artesanal, por ser feito manualmente e a quantidade do metal de adição depositado é controlado pelo soldador, exigindo maior habilidade. Por esse motivo, torna-se um processo mais lento de soldagem, mas com uma qualidade insuperável.

A escolha correta da vareta de solda é fundamental para o sucesso na soldagem, segundo as particularidades técnicas e mecânicas de cada metal base para sua aplicação.

Uma das grandes vantagens é que ela possui uma ampla possibilidade de aplicações, sendo muito utilizada nas indústrias, em geral, desde a fabricação de componentes eletrônicos, cirúrgicos, eletrodomésticos, tubulações, tanques, vasos de pressão, etc.

A importância do metal base na escolha da vareta de solda

Antes de iniciarmos qualquer soldagem é fundamental sabermos primeiramente qual é o metal base (peça/chapa) que iremos trabalhar, para a partir daí começarmos uma avaliação e podermos escolher o material de adição adequado para execução do serviço.

As indústrias possuem um documento de especificação de procedimento de soldagem (EPS), no qual está descrito o tipo de metal base e a vareta de solda que o soldador irá usar. Isso é definido por um responsável técnico ou engenheiro da área, portanto o soldador terá somente que seguir o procedimento sem preocupação com a análise.

Agora, sabe quando você pega aceita prestar um serviço ou recebe aquela peça de um cliente em sua oficina sem ter nenhuma informação do metal fabricado e precisa entregar o serviço de soldagem?
Então, você terá que fazer a avaliação prévia de todos os fatores predominantes, começando pelo metal base para chegar ao material de adição correto. Daí você pensa, o que fazer agora?

qual metal de adição usar na solda

A princípio, para saber com exatidão qual é o metal base (chapa ou peça) somente por informações do fornecedor (via nota fiscal), do fabricante (catálogos ou um documento) ou enviando uma amostra do metal para um laboratório fazer a análise.

Não se desespere, temos uma saída que nos ajuda muito no dia-a-dia:  buscar conhecer  sobre os metais base e de adição, suas aplicações e suas normas (AISI, SAE, ASTM, AWS, ASME). 

Assim, terá noção dos materiais utilizados para fabricação de peças, chapas e outros produtos metálicos no geral. Dessa forma conseguirá avaliar outros fatores importantes que somaram para a seleção do metal de adição que precisará para realizar o serviço de soldagem.

Classificação das Varetas de adição pela AWS

A vareta de solda, assim como demais consumíveis são classificados pelas normas de classificação da AWS (Sociedade Americana de Soldagem), também pela ASME (American Society of Mechanical Engineers), regulamentada no Brasil pela FBTS (Fundação Brasileira de Tecnologia da Soldagem), são fundamentais para direcionar a aplicação correta do metal de adição.

tabela de norma consumíveis AWS para varetas e arames sólidos

Por meio das normas de cada grupo, o profissional conhecerá a especificação de aplicabilidade e suas características particulares.

Identificando a especificação das varetas de adição

Existem diversos tipos de varetas e de solda de várias marcas, quais são especificadas conforme sua composição química. Vejamos o que significa a nomenclatura das ligas mais comuns, pela norma AWS / ASME:

como escolher vareta de solda ligas metálicas
código vareta aço carbono
como escolher vareta de solda aço baixa liga código

Análise para seleção da vareta de solda

Geralmente a vareta de adição aplicada é semelhante à peça trabalhada, pois solda nada mais é que a união de metais em sua continuidade.

Também existem algumas varetas com ligas compostas por outros elementos, para fazer a ligação metálica necessária durante a solda com os metais mais difíceis de soldar, considerando suas particularidades.

Para escolher a vareta de solda devemos saber analisar alguns fatores determinantes:

Algumas perguntas prévias importantes a serem feitas:

  • Qual a função desse metal base? 
  • Para que será utilizada a peça?
  • O local onde será utilizada a peça soldada? 
  • A que será exposto essa peça (temperaturas elevadas, ambiente ácido, etc.)?
  • É um metal de fácil soldagem? 
  • Qual a composição química da peça?
  • Espessura da chapa?
  • O tipo de junta soldada e técnica que aplicará?
  • Posição de soldagem?
  • Qual processo de soldagem que utilizará (TIG ou Plasma)?
  • Qual a necessidade específica do trabalho de soldagem a ser executado? Essa peça necessita de:
    • Resistências à tração, impacto.
    • Resistência a abrasão, corrosão e demais desgastes, etc. 
    • Alteração das propriedades físicas e mecânicas (ductilidade, tenacidade, plasticidade, etc.)
    • Tratamento térmico pré, durante e pós-soldagem
    • Será submetido a algum tipo de processo pós-soldagem

Após a análise siga as dicas abaixo para avaliar corretamente:

  • Escolha a vareta de adição por sua composição química
  • Diâmetro (bitola) da vareta que precisa (1.6mm,/ 2,4mm/3,2mm/etc.)
  • Utilize catálogos de fornecedores e fabricantes
  • Seguir sempre a norma do metal de adição
  • Utilize os gases de proteção corretos 

Exemplo da análise

Para a aplicação de soldagem em peças automotivas feitas de ligas de alumínio, como blocos de motores e radiadores, deve considerar características importantes, pois eles trabalham em altas temperaturas, fazem transferência de calor, precisam ter resistência ao peso, a pressão, a corrosão, não pode haver vazamentos nem rupturas, ou seja, precisa de uma solda resistente e de responsabilidade

Então, busque no catálogo do fabricante das peças ou chapas e encontrará o metal base A357, A380,A319, 6061.

O próximo passo será: consulte o catálogo do fabricante ou fornecedor de consumíveis, selecione as varetas de adição correspondentes e escolhe a mais adequada conforme seu processo de execução nesses tipos de peças 4043/4047/5356. Após isso é só realizar o processo de soldagem.

Veja alguns metais base e varetas de adição mais aplicadas na soldagem, com ligas de alumínio e aço inox:

tabela relação ligas metálicas e vareta utilizada

Vale ressaltar que os metais de adição possuem características, técnicas e aplicabilidades diferentes para soldar cada tipo de metal base, podendo haver variações de acordo com seus fabricantes.

Concluindo sobre como escolher varetas para solda

Aqui você viu algumas dicas de como escolher a vareta de solda, primeiramente deve identificar o metal da peça a ser trabalhada e deve analisar alguns fatores importantes:

  • Local em que a peça será usada após a soldagem,
  • Necessidade da soldagem na peça trabalhada, 
  • Sempre seguir as normas dos consumíveis,
  • Utilizar catálogos dos fornecedores e fabricantes.    

Então conhecer um pouco os metais, faz toda diferença no processo de escolha da vareta de solda correta, pois terá noção das peças fabricadas por eles e consequentemente acelera o processo de escolha.

O que a Alusolda faz?
A Alusolda oferece Locação, manutenção de equipamentos, e comércio de produtos no segmento de solda e corte.

Faça um orçamento sem compromisso no telefone (62) 3250-0707. Nossos melhores colaboradores irão te atender.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.