Você sabia que estamos vivendo a 4ª revolução industrial?

quarta revolução

Estudiosos apontam que estamos vivendo a 4ª revolução industrial, mais complexa, envolvendo novas tecnologias, áreas de conhecimento e de pesquisa.

De acordo com Klaus Schwab, fundador e presidente do Fórum Econômico Mundial e autor do livro The Fourth Industrial Revolution, grandes mudanças estão acontecendo no mundo todo. Estas são alimentadas pela inovação da tecnologia, trazendo desafios e benefícios em igual medida, em especial para as empresas.

As três Revoluções Industriais

As três revoluções industriais anteriores ocorreram quando novas tecnologias e novas formas de ver o mundo dispararam uma mudança. Estas repercutiram profundamente no sistema econômico e na estrutura social. Vejamos:

  • A primeira grande transformação ocorreu há aproximadamente 10 mil anos atrás, transitando da coleta para o cultivo de alimentos, graças à domesticação dos animais. Desenvolvendo, assim, a produção, o transporte e a comunicação, uma combinação de esforços dos animais e das pessoas (HSM Management, Edição 120, 2017).
  • Primeira Revolução Industrial – A revolução agrária estimulou o crescimento populacional e o surgimento das cidades. Foi seguida por uma série de revoluções industriais, impulsionadas pela construção das rodovias e pela invenção das máquinas a vapor, iniciando assim, a produção mecanizada.
  • Segunda Revolução Industrial – Graças ao advento da eletricidade e da linha de produção tornou-se possível, então, a produção em massa. Ocorreu entre o fim do século 19 e o início do século 20 (HSM Management, Edição 120, 2017).
  • Terceira Revolução Industrial – Iniciou-se na década de 1960 é chamada também de revolução digital. Deve-se ao desenvolvimento dos semicondutores, mainframes, computadores pessoais e internet, já nos anos 1990 (HSM Management, Edição 120, 2017).

Nota: mainframe é um computador de grande porte, dedicado normalmente ao processamento de um volume grande de informações.

Quarta Revolução Industrial

Tendo como base a revolução digital, esta nova revolução tem como marco a virada do milênio. Diferentemente das revoluções anteriores, traz características mais abrangentes, não se trata apenas de máquinas inteligentes e conectadas. É algo muito mais amplo. (HSM Management, Edição 120, 2017)

Prova disso, são as ondas de avanços em diversas áreas, que vão do sequenciamento genético à nanotecnologia.

É a fusão dessas tecnologias e a interação com as dimensões física, digital e biológica que tornam o fenômeno atual diferente de todos os anteriores.

Tecnologias emergentes e inovação em ampla escala tem se difundido mais rapidamente e de maneira mais ampla do que em movimentos do passado.

Os ganhos de escala com a inovação são assombrosos e algumas tecnologias disruptivas parecem demandar muito pouco capital para prosperar, basta ver o Instagram e o WhatsApp, não requerem um financiamento vultoso para iniciar suas operações, representando uma importante mudança no papel do capital.

Nota: Tecnologia disruptiva ou inovação disruptiva é um termo descrevendo a inovação tecnológica, produto, ou serviço, que utiliza uma estratégia “disruptiva”, em vez de “revolucionário” ou “evolucionário”, para derrubar uma tecnologia existente dominante no mercado.

Neste cenário atual, tanto Governo como empresas, encontram-se totalmente despreparados para compreendê-la e mais ainda para responder a ela.

Portanto, nos atentemos a ela enquanto empresários, gestores e trabalhadores de modo geral, para as inovações, exigências e velocidade com que ela traz na sua amplitude, senão seremos “meros passageiros na estação olhando o trem passar”.

Quer saber mais sobre soldagem para ajudar a sua empresa?

Clique na imagem ou no link abaixo e assista “Como equilibrar carreira e sucesso profissional

O que a Alusolda faz?
A Alusolda oferece Locação, manutenção de equipamentos, e comércio de produtos no segmento de solda e corte.

Faça um orçamento sem compromisso no telefone (62) 3250-0707. Nossos melhores colaboradores irão te atender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *