Principais características do Oxicorte

Principais caracteristicas do oxicorte 2
característica específica do oxicorte

Você conhece as características específicas do oxicorte?

O Processo de oxicorte é uma técnica auxiliar de soldagem que foi desenvolvida em 1903. Esta ainda é utilizada até hoje em muitas aplicações industriais.

Essa técnica é usada para preparar as bordas das peças, quando elas são de espessura substancial. Também tem uso para o corte de barras de aço carbono de baixa liga ou outros elementos ferrosos.

Como funciona o processo de oxicorte e quais suas características

Este processo se divide em duas fases: na primeira, o aço é aquecido a alta temperatura (900°C), com a chama produzida pelo oxigénio e o gás combustível. Na segunda fase, usa-se uma corrente de oxigénio e elimina óxidos de ferro produzidos.

Uma característica deste processo de oxicorte é ser amplamente aplicado a todos os aços. Entretanto não pode ser aplicado a outros metais não oxidantes como cobre, latão, alumínio, aço inoxidável entre outros.

Tanto numa única cabeça ou separadamente, todos os maçaricos de corte requerem duas condutas: um para o aquecedor de chama de gás que circula (acetileno ou outro) e uma para o corte (oxigénio).

O maçarico aquece o aço com a sua chama de combustíveis. Após isso. abrindo a válvula de oxigênio, provoca-se uma reação com o ferro na área afetada. Assim esta se transforma em óxido de ferro que derrete na forma de faíscas, quando a temperatura de fusão é mais baixa do que a do aço .

As capacidades do corte irão depender do dimensionamento dos equipamentos e das regulagens de pressão e vazão necessárias para a geração de calor e extração dos óxidos durante o corte.

Características dos gases utilizados no processo de oxicorte

Para a obtenção da chama oxicombustível, são necessários pelo menos 2 gases, sendo um deles o oxidante (O2) e o outro o combustível, podendo este ser puro ou misturado com mais de um gás combustível.

Oxigênio (O2)

É o gás mais importante para os seres vivos, existindo na atmosfera em cerca de 21% em volume ou 23% em massa. É inodoro, incolor, não tóxico e mais pesado que o ar (peso atômico: 31,9988 g/mol), tem uma pequena solubilidade na água e álcool.

O O2 por si só não é inflamável, porém sustenta a combustão. Portanto reage violentamente com materiais combustíveis, podendo causar fogo ou explosões.

No oxicorte o O2 faz as funções de oxidação e expulsão dos óxidos fundidos.

Gases combustíveis para a chama de pré-aquecimento

São vários os gases combustíveis que podem ser utilizados para ignição e manutenção da chama de aquecimento. Entre estes podemos citar: acetileno, propano, propileno, hidrogênio, GLP e até mesmo mistura destes.

A natureza do gás combustível influi na temperatura da chama, no consumo de O2 e conseqüentemente no custo final do processo.

Elementos Utilizados no processo Oxicorte

Finalizando

Como pôde ver, as características do processo de oxicorte são bastante específicas. Saber quais os gases utilizados e como funciona o processo inteiro é importante para realizar um bom trabalho.

Esse texto foi uma possibilidade de aprofundar seu conhecimento das características do oxicorte. Isso para que saiba o que está fazendo e como isso acontece.

Se ficou alguma dúvida, deixe um comentário e nós responderemos.

Quer saber mais sobre soldagem para ajudar a sua empresa?

Clique na imagem ou no link abaixo e baixe “E-book – Oxicorte

O que a Alusolda faz?
A Alusolda oferece Locação, manutenção de equipamentos, e comércio de produtos no segmento de solda e corte.

Faça um orçamento sem compromisso no telefone (62) 3250-0707. Nossos melhores colaboradores irão te atender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *